Vice da Ponte mostra decepção com Luis Fabiano: “Não dependemos dele”

Giovanni Dimarzio diz que atacante deu a palavra que fecharia com a Macaca, se surpreende com decisão e encerra o assunto: “O Pottker está aí fazendo gols”

No dia em que foi apresentado como reforço do Vasco, Luis Fabiano foi alvo de críticas na Ponte Preta, onde foi revelado para o futebol e era sonho de consumo para 2017. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, de Campinas, no início da noite desta terça-feira, o vice-presidente Giovanni Dimarzio não escondeu a decepção com a decisão final do atacante.

– Eu tinha absoluta convicção que ele viria, mas não é questão de ser ingênuo. O Luis Fabiano falou para nós que viria para a Ponte. Falou para o Gustavo (Bueno, gerente de futebol), eu estava junto. Se ele mudou de opinião, foi ele. Nós apresentamos a proposta, ele aceitou, mas no meio do caminho apareceu o Vasco, com uma realidade totalmente diferente, um salário muito maior. Mesmo assim, achamos que viesse, porque disse que tinha interesse em vir e que a parte financeira não seria o principal. O sentimento é decepção – afirmou.

O otimismo no Majestoso para o retorno de Luis Fabiano ao clube era grande até o início de janeiro, quando o jogador embarcou para buscar a rescisão na China. O motivo é que os dirigentes, após reuniões presenciais e contatos por telefone, diziam que tinham a garantia do atacante que a prioridade seria da Macaca. Durante a novela em solo asiático, porém, a expectativa se transformou em frustração, com o Vasco virando favorito no caso.

Diante do desfecho negativo, Luis Fabiano passou de ídolo a vilão e fechou as portas para o desejo de encerrar a carreira no clube, como declarou diversas vezes. O assunto está encerrado por parte da atual diretoria da Ponte Preta, que aposta no artilheiro Pottker para liderar o ataque.

– Como todos na Ponte, achei que viria, mas não veio, é bola para a frente, não dependemos dele (Luis Fabiano). O Pottker está aí fazendo gols, quando sair, virá outro para fazer gols, e a Ponte vai seguir forte – finalizou Giovanni Dimarzio.

O reencontro entre Fabuloso e Ponte pode acontecer na última rodada do turno do Brasileirão (5 ou 6 de agosto), quando o Vasco visitará a Macaca em Campinas.

Fonte: Ge