Venda no ‘Whats’ entrega R$ 150 mil em produtos furtados de loja e tabacaria

O material furtado era oferecido pelo wattsapp _ Arlindo Florentino

 

Mais de R$ 150 mil de produtos que haviam sido furtados de uma tabacaria e uma loja de roupas em Campo Grande, foram recuperados nesta quinta-feira (28) durante operação do Batalhão de Choque da Polícia Militar. A pista inicial para que tudo fosse descoberto, foi a oferta dos itens no WhatsApp.

De acordo com informações da polícia, cerca de R$ 15 mil de produtos de uma tabacaria localizada no Jardim Leblon foram furtados no último dia 4. Na semana seguinte, de loja de roupas no Jardim Buriti também foi invadida e cerca de R$ 140 mil de peças levados.

Nesta semana, a proprietária da loja de roupas descobriu que os itens furtados estavam sendo comercializados por WhatsApp. Ela acionou a polícia que deu início a investigação e chegou a revendedora das peças, de 19 anos.

Para a polícia, a receptora contou que havia comprado a mercadoria de um homem, de 31 anos. Quando a polícia chegou a casa do autor, no bairro Portal Caiobá, o rapaz fugiu em uma moto e foi perseguido. Ele se rendeu minutos depois e foi preso.

Na casa dele os militares encontraram os produtos furtados da tabacaria, além de joias, televisão, munições calibre 22 e 38 e uma pistola calibre 380.

Os dois receptadores foram presos e o material apreendido. (Com informações do Midiamax).