Tecnologia: Pesquisa inédita fará retrato da pecuária de corte do Brasil

O Brasil vai ganhar ainda neste primeiro semestre um novo retrato de sua pecuária de corte. Pesquisa inédita organizada pela Embrapa vai levantar as prioridades do setor com o objetivo de auxiliar no direcionamento de estratégias de transferência de tecnologia e divulgação de informações.

A enquete tem por objetivo conhecer a opinião de produtores rurais, empresários, consultores, técnicos, pesquisadores, professores, estudantes e demais atores da cadeia sobre as principais demandas e problemas atuais do setor.

“Com a informação vinda dos próprios componentes da cadeia, poderemos ter uma visão ampla sobre essas demandas e problemas.

Será possível definir metas de inovação e, a partir de uma informação qualificada, entender o que é prioritário”, explica o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul (Bagé, RS) Vinícius Lampert.

O levantamento ficará aberto para a participação dos interessados até o dia 31 de maio. A expectativa é de que já os primeiros resultados da pesquisa saiam no início de junho.

A ideia dos pesquisadores é dar continuidade à enquete e ir direcionando seu foco de acordo com as respostas e demandas que forem surgindo durante o processo. O material será dinâmico.

Os dados da enquete serão segmentados, gerando informações das prioridades por região, estado do país ou por perfil do participante.

Desta forma, a pesquisa vai ajudar a aprimorar o conhecimento a respeito de demandas tecnológicas em importantes áreas da pecuária de corte.

Para o pesquisador da Embrapa Gado de Corte (Campo Grande, MS) Paulo Henrique Nogueira Biscola, quanto mais agentes da cadeia preencherem com precisão as necessidades reais do setor, maior será a possibilidade de extrair informações qualificadas desses dados.

“Com a participação de um número expressivo de pessoas será possível identificar as necessidades por perfil de respondentes a partir de variáveis geográficas e demográficas. Essa estratificação é importante para no futuro termos ações mais direcionadas a determinados territórios e públicos”, explica.

Além dos dados para conhecer o perfil do entrevistado, a pesquisa navega por diversos temas, como saúde, bem-estar, nutrição, forrageiras e melhoramento animal, gestão e sistemas de produção, além de ciência e tecnologia da carne.

Como participar

A enquete vai ser enviada via WhatsApp e e-mail para grupos variados de ligados à pecuária de corte. Os interessados em participar também podem acessá-la no portal Embrapa.

Para responder à pesquisa é necessário, em média, tempo inferior a 5 minutos. Os entrevistados interessados que informarem seu e-mail têm a possibilidade de receber o resultado do levantamento.

Realidade dinâmica

Segundo Lampert, o setor produtivo está em constante mudança, demandando atenção e atualização sobre essas transformações no tempo e no espaço. “Nesse contexto, esse levantamento é para entender as demandas nesse momento, em 2018”, pontuou.

Fonte: Rural News MS