Sindicato Rural dará apoio ao IBGE durante Censo Agropecuário em Maracaju

O Sindicato Rural de Maracaju dará apoio ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), durante o Censo Agropecuário de 2017. Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (26), no espaço recanto do Parque de Exposições, representantes do IBGE do estado do MS, apresentaram para o Sindicato Rural, Prefeitura de Maracaju, produtores e representantes do setor como será desenvolvido o trabalho do Censo, que terá início a partir do dia 1º de outubro.

Maracaju que é maior produtor de grãos do Mato Grosso do Sul, conta hoje com mais de 600 propriedades rurais. Ao longo de cinco meses, os recenseadores vão visitar todas as propriedades e estabelecimentos agropecuários do município de Maracaju, abordando sobre produção, características dos trabalhadores do setor, emprego, o uso de agrotóxicos, entre outros temas. O papel da agricultura familiar na produção agropecuária também será pesquisado. Os resultados do Censo devem começar a ser divulgados em meados de 2018.

De acordo com a Coordenadora  do IBGE que atenderá Maracaju, Izabel de Paula Costa, o objetivo das visitas será de acompanhar o trabalho, colhendo dados e informações que possam potencializar a importância da agropecuária para a economia nacional, “o agronegócio de Maracaju colabora diretamente para a economia não apenas do MS, mas também do Brasil, e esse potencial precisa ser mostrado, por isso a importância de efetivarmos o Censo aqui no município, agradecemos muito o apoio do Sindicato Rural”, disse.

Para o presidente do Sindicato Rural de Maracaju, Juliano Schmaedecke, esta é uma oportunidade do produtor mostrar seu potencial produtivo, e ser mais valorizado, “é importante que o produtor se conscientize que fornecendo dados específicos ao IBGE, será mais reconhecido perante o país como fomentador da economia”, ressaltou o presidente.

O posto de monitoramento do IBGE ficará locado no Parque de Exposições de Maracaju, o Senso iniciará em 1º de outubro e seguirá até o dia 28 de fevereiro de 2018.

Assessoria