Projeto aprovado no Senado destina R$ 148 mi a Campo Grande

Foto: Reprodução/Conteúdo MS

Campo Grande, com R$ 148 milhões, Dourados, com R$ 36 milhões, e Três Lagoas com R$ 20,3 milhões. São as cidades sul-mato-grossenses que vão receber o maior valor de socorro financeiro, de acordo com o projeto aprovado pelo Senado no fim de semana e que tem previsão de passar pela Câmara Federal nesta segunda-feira (4/5).

Segundo o site Conteúdo MS, para a capital, o prefeito Marquinhos Trad comentou durante transmissão ao vivo hoje, que o valor previsto será repassado em quatro parcelas. É um dinheiro para ajudar, por exemplo, a manter o pagamento da folha dos servidores, responsável por despesa mensal próxima dos R$ 100 milhões.

Considerado as quatro parcelas citadas por Marquinhos, a cada mês serão R$ 37 milhões, o suficiente para, pelo menos, bancar um terço do pagamento dos 25 mil servidores.

Interior

Das cidades do interior, a distribuição prevista dos recursos do socorro financeiro atende ao critério de número de habitantes. Depois de Dourados e Três Lagoas, Corumbá, a quarta mais populosa no Estado, terá recursos de R$ 18 milhões.

Ponta Porã fecha os cinco municípios com mais habitantes, com previsão de ajuda financeira de R$ 15,3 milhões.

O total para os municípios de Mato Grosso do Sul é previsto em R$ 476 milhões. Além disso, o socorro prevê R$ 1 bilhão para o governo de Mato Grosso do Sul, valor suficiente para quitar duas folhas e meia de pagamento.

Da redação