Presidente da CUT do MS é preso durante abordagem na BR 386, em Montenegro (RS)

Presidente da CUT/MS é preso em abordagem na BR 386 | Foto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação / CP

Grupo vinha do Mato Grosso do Sul para o julgamento de Lula; ônibus é considerado clandestino

 

Durante barreira de fiscalização, a Polícia Rodoviária Federal e a Brigada Militar flagraram, na BR 386, em Montenegro, um ônibus clandestino vindo do Mato Grosso do Sul (MS). O veículo – contratado pela CUT do MS para julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – estava sem as licenças necessárias da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Na ação, o presidente da CUT/MS, Genilson Duarte, foi preso. Ele estava com mandado de prisão expedido desde o ano passado. O ônibus foi apreendido, os passageiros encaminhados para outro veículos e o preso foi conduzido para a delegacia de polícia para os procedimentos necessários. (Com informações do Correio do Povo de Porto Alegre-RS).