Peças de aviões e outros objetos são destaque em exposição na Capital

O Museu de Arte Contemporânea (MARCO) apresenta a primeira exposição de 2017, o projeto “4 Mostras, 4 Artistas”, com as obras de Ana Ruas, Katia Canton, Alessandra Rehder e Marcos Amaro.

Campo Grande é a primeira cidade a receber o trabalho de Marcos Amaro, fora do estado de São Paulo. Ele traz à cidade, a exposição individual “Desconstruções e Articulações”, com obras bastante peculiares nas quais são utilizadas, dentre outros itens, diversas peças encontradas nas estruturas de aviões.

Artista autodidata e empreendedor cultural, Marcos nasceu em São Paulo e herdou do pai, o comandante Rolim Amaro, a paixão pela aviação. Estudou literatura, filosofia e arte, inclinações intelectuais que contribuíram para que desenvolvesse múltiplas habilidades poéticas.

Para o artista, compartilhar seu trabalho com o público campo-grandense é uma experiência engrandecedora. “O MARCO é um museu incrível, com um espaço que possibilita que minhas obras sejam expostas de forma plena. Isso é gratificante e me engrandece como artista”, afirma.

Reconhecido no circuito internacional, Marcos já expôs suas obras ao redor do mundo e sua trajetória é marcada pela ousadia. Em 2012, criou a Fundação Marcos Amaro (FMA), que contribui para o desenvolvimento das artes visuais no país. Em 2016, iniciou o Memorial da Escultura Contemporânea Latino-Americana (Mescla) – um parque escultórico localizado no interior de São Paulo que reúne trabalhos icônicos de artistas relevantes.

Serviço – Os campo-grandenses podem conferir a peculiaridade das obras de Marcos Amaro, no projeto “4 Mostras, 4 Artistas”. Além dele, três artistas também apresentam seus trabalhos, Ana Ruas de Campo Grande, Alessandra Rehder e Katia Canton de São Paulo.

A exposição acontece no Museu de Arte Contemporânea, o MARCO, até 02 de abril. O museu funciona todos os dias. De segunda a sexta, das 7:30 às 17:30, e aos sábados, domingos e feriados, das 14 às 18.

Fonte: Noticias MS/ Por: Jhoseff Bulhões, com assessoria