LÓGICA DO TEMER…

Michel Temer admitiu em entrevista à Band no último fim de semana que Eduardo Cunha decidiu abrir o processo de impeachment de Dilma após os petistas quebrarem um acordo para livrá-lo do Conselho de Ética da Câmara quando ele era o presidente da Casa. “Veja que coisa curiosa: se o PT tivesse votado nele [Eduardo Cunha] naquela comissão de ética, é muito provável que a senhora presidente continuasse”, disse Temer.

Jota Menon