Laguna Carapã é 38ª cidade de MS a contar com Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi

Biblioteca do Conhecimento em Laguna-Carapã _ Foto: Assessoria Fiems

 

A cidade de Laguna Carapã é a 38ª de Mato Grosso do Sul a contar com uma unidade da Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi. A conhecida estrutura em formato de livro foi inaugurada na manhã desta quarta-feira (17/05) com a presença do 2º vice-presidente regional da Fiems, Sidnei Pitteri Camacho, do prefeito Itamar Bilibio e do superintendente do Sesi, Bergson Amarilla.

Durante a solenidade de inauguração, Sidnei Pitteri destacou a relevância da biblioteca como centro de inclusão digital e desenvolvimento social. “Só com educação conseguiremos vencer o momento de dificuldades que o País enfrenta. O investimento em educação é a estratégia que a Fiems utiliza para contribuir com esse processo”, reforçou.

Inauguração da Biblioteca do Conhecimento em Laguna-Carapã – Foto: Assessoria Fiems

Ele completa que a unidade de Laguna Carapã disponibiliza à comunidade 1,3 mil livros e mais de mil DVDs, além de 10 computadores com acesso à internet. Representa acesso ao conhecimento, uma maneira de ocupar o tempo ocioso dessa garotada que, em breve, estará ocupando lugares de destaque e representatividade na sociedade.

O prefeito Itamar Bilibio afirmou que a escolha do local para a construção da biblioteca foi feita de maneira estratégica. “Ficou próxima a escolas e ao lado da praça do Paço Municipal. Tornou-se um cartão postal de Laguna Carapã, sem dúvidas. Mas, mais importante do que isso, marca o primeiro investimento do Sistema Indústria na cidade. Ação que ajudará no compromisso de fazer com que Laguna Carapã seja reconhecida por participar diretamente do desenvolvimento do Estado”, afirmou.

Descerramento da placa _ Foto: Assessoria Fiems

Para o superintendente do Sesi, Bergson Amarilla, as bibliotecas da Indústria do Conhecimento complementam o ensino oferecido nas escolas. “São centros de conhecimento à disposição da comunidade. Proporcionam acesso à leitura com acervo atualizado, acesso à internet, e garantem que os moradores tenham um local moderno e confortável para a realização de cursos de aperfeiçoamento”, frisou.

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS E SORTEIO DE BICICLETA – Além de autoridades e representantes da comunidade, o evento de inauguração contou com a presença de alunos da Escola Municipal Judith dos Reis Espíndola. Para entreter e entusiasmar as crianças a utilizarem a nova estrutura, a contadora de histórias Sônia Morel fez uma performance sobre o livro “Camilão, o comilão”, de Ana Maria Machado.

No fim, o Sesi promoveu o sorteio de 10 bicicletas. Micheli Souza, aluna do 4º ano, foi uma das ganhadoras. “Todos os meus colegas queriam ganhar, então eu fiquei muito feliz. A bicicleta é um pouco grande para mim, mas eu vou dar ela para alguém da minha família”, comemorou.