Homem é preso após deixar filhos brincarem com pistola 9 milímetros

Morador da aldeia Bororó, de 79 anos, caiu em contradição sobre tiro que acertou filho de 6 anos; polícia não encontrou a arma

Chatalin Graito Benites, 79, foi preso em flagrante hoje (9) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, por porte ilegal de arma de uso restrito após policiais militares encontrarem 21 cartuchos intactos de pistola calibre 9 milímetros em sua casa, na aldeia Bororó.

No local, um menino de seis anos de idade foi baleado na coxa direita pelo irmão, de nove anos, quando brincavam com a pistola. As duas crianças são filhas de Chatalin. A arma não foi localizada pela Polícia Militar.

De acordo com o boletim registrado pela PM, quando foram ao local para atender a ocorrência, os policiais perceberam que Chatalin caiu em contradição ao tentar explicar o tiro que acertou seu filho. Primeiro disse que o disparo foi feito por uma pessoa que passou de carro pelo local, depois afirmou que o atirador estava de bicicleta.

Os policiais encontraram uma cápsula deflagrada de munição calibre 9 milímetros no quintal. Durante buscas na casa foram encontradas mais 22 munições do mesmo calibre intactas. Chatalin foi levado para a Polícia Civil para ser autuado em flagrante.

A criança ferida na perna contou aos policiais que o pai entregou a arma para o irmão de nove anos, que disparou o tiro ao brincar com a arma. O garoto maior também não foi encontrado. O menino ferido está internado no Hospital da Vida.

Fonte: Campo grande News