Hazard, Neymar, Messi: os jogadores que mais desvalorizaram durante a Covid

Fotos: AFP

Neymar e outros craques de ponta estão entre os que mais desvalorizaram no mercado da bola em 2020. De acordo com o Transfermarkt , o brasileiro do Paris Saint-Germain perdeu 20% do seu valor. Estaria valendo, agora, em torno de R$ 764 milhões, mas chegou a bater na porta do R$ 1 bilhão. No entanto, Neymar não é a única estrela nessa lista.

Confira a lista dos 10 jogadores mais desvalorizaram em 2020 neste período de pandemia do novo coronavírus.

01 – Hazard; O jogador do Real Madrid desvalorizou 33,3% com seu valor atualizado para cerca de R$ 477,5 milhões. O Real Madrid pagou ao Chelsea por ele cerca de R$ 597 milhões em junho de 2019.

02 – Neymar; Mais uma vez o nome de Neymar voltou ser cogitado numa possível volta ao Barcelona. No entanto, essa notícia tem altos e baixos. Às vezes ganha força, às vezes perde… Fato é que a projeção de Neymar no mercado está em torno de R$ 764 milhões. Bem diferente dos 180 milhões de euros, o que dá mais de R$ 1 bilhão. A queda está em torno de 20%.

03 – Raheem Sterling; O atacante do Manchester City aparece em terceiro lugar nessa lista. Seu valor de mercado é de 128 milhões de euros, algo em torno de R$ 764 milhões. Apesar da alta quantia – ele é o mais valioso do Manchester City – seu valor de marcado sofreu desvalorização de 20%.

04 – Mohamed Salah; O valor do jogador egípcio do Liverpool caiu 20% de janeiro até agora. Significa que Salah vale R$ 726 milhões para o mercado da bola. Ele tinha 25 anos quando foi negociado pela Roma com o Liverpool, ao preço médio de R$ 156 milhões. Isso em 2017, ou seja, mesmo “desvalorizado”, o cara rendeu muito.

05 – Harry Kane; A situação do atacante do Tottenham é a mesma de Salah. Artilheiro da Copa do Mundo de 2018, Harry Kane prometia muito àquela altura e foi alçado ao topo do mercado da bola, entre as estrelas. Nesse mesmo mercado há fortes rumores da saída do jogador do Tottenham. Por essa razão, o presidente dos Spurs, Daniel Levy, inflacionou o preço do jogador – em torno de R$ 1,2 bilhão, de acordo com o Daily Mail. Entretanto, sabemos que é mercado em geral quem dita as regras. O valor atualizado de Harry Kane está em torno de R$ 726 milhões, o que leva a uma desvalorização de 20%.

06 – Sadio Mané. Interesse do Real Madrid fez com que o Liverpool jogasse o valor do atacante senegalês lá pra cima. De acordo com a imprensa espanhola, se o Real Madrid quiser tirar Mané dos Reds, terão de pagar 230 milhões de euros (R$ 1 bilhão), tornando Mané o atleta mais caro da história. Com o novo cenário econômico mundial, isso dificilmente acontecerá. Pior: Mané sofreu desvalorização de 20% no mercado da bola. Seu valor está em torno de R$ 720 milhões.

07 – Kevin De Bruyne; O sonho do meio de campo De Bruyne é jogar ao lado de Cristiano Ronaldo. Ele mesmo disse isso recentemente em entrevista à Sky Sports, na Inglaterra. “Provavelmente porque poderia cruzar uma bola a três metros de altura e, mesmo assim, ele chegaria nela. As minhas assistências aumentariam, sem dúvida”, disse. Brincadeiras a parte, De Bruyne se destacou no Wolfsburg antes de ser negociado por R$ 304 milhões ao Manchester City, onde joga atualmente. Está no clube inglês desde 2015. Seu valor atual de mercado sofreu queda de 20%, estando em torno de R$ 720 milhões.

08 – Lionel Messi; Curioso que talvez aquele que seja o melhor jogador do mundo na atualidade não seja o de maior valor de mercado. Messi também sofreu queda de 20% no valor de mercado, que está em torno de R$ 678 milhões.

09 – Kepa; Eis que surge um goleiro nesse ranking. Em 2018, o Chelsea contratou Kepa Arrizabalaga ao Athletid Bilbao por R$ 343 milhões à época. Esse valor corrigido para nossos dias daria algo em torno de R$ 483 milhões. Com isso, ele se tornou o goleiro mais caro da história do futebol. A desvalorização recente de Kepa bate os 46,7%. Seu valor estipulado no mercado hoje gira em torno de R$ 193 milhões.

10 – Dele Alli; O meia do Tottenham vem caindo muito de produção. No início do ano teve problemas com o técnico Jose Mourinho em razão de suas atuações que não vinham convencendo o treinador. O jogador é polêmico e volta e meia ganha as manchetes por suas brincadeiras “fora de hora”. Como no comentário em vídeo em um aeroporto, quando brincou com a pandemia do coronavírus. Chegou a filmar um asiático e uma garrafinha de álcool em gel, vídeo que repercutiu muito negativamente nas redes. Fora as polêmicas, o valor de mercado hoje de Dele Alli está em torno de R$ 386 milhões. No entanto, ele vinha caindo de valor no mercado gradualmente. Sua mais recente desvalorização ficou em torno de 30%.