Escoamento da soja garantido com a conclusão da obra da serra da Urca.

Conclusão da obra garante o escoamento do principal produto da região. Foto: Rural News.

Produtores rurais de Sidrolândia estão comemorando a conclusão da obra de rebaixamento da cabeceira da Serra da Urca num momento importante do processo de produção da soja, que é a colheita.

A obra foi concluída no prazo de 30 dias pela equipe da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), vinculada à Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), a intervenção do Governo encurtou distância e garante economia ao setor produtivo da região.

O governador Reinaldo Azambuja, falou da competitividade que acontece quando acontecem obras dessa magnitude, “quando você consegue encurtar caminho para o setor produtivo você dá competitividade maior. Embora seja uma estrada municipal e a responsabilidade teria que ser da Prefeitura, assim como em outros municípios, aqui em Sidrolândia o Estado tem sido parceiro, e a gente fica contente em assegurar aos produtores e à comunidade da região melhores condições de acesso”, comentou.

O secretário da Seinfra, Marcelo Miglioli, relata que mais uma vez o governador demonstrou a sensibilidade em atender as reivindicações da comunidade e a visão estratégia que o gestor público deve ter. Percebendo a importância da obra, Reinaldo Azambuja determinou a execução do serviço com a maior brevidade possível para que os produtores pudessem ser beneficiados já na colheita da atual safra.

O deputado estadual Enelvo Felini explica que a ação do Governo do Estado na estrada SD-22 não beneficia só os produtores de grãos e criadores de gado. “Ali passa caminhão de leite todo dia, carvão que sobe a serra, transporte escolar das crianças. É uma estrada muito importante que alimenta assentamentos de Dois Irmãos do Buriti e de Terenos, é o caminho para ir a Sidrolândia e Campo Grande”, pontuou.

Narcizo Corpes – Rural News.