Empresas vão investir R$ 18 milhões em sementes, alimentos e fertilizantes

Investimentos preveem a criação de 87 novos postos de trabalho

Empresas dos segmentos de distribuição de alimentos, produção de fertilizantes e sementes pretendem investir R$ 18 milhões em Campo Grande. Grupo composto pela Distribuidora de Alimentos Ikeda, Fertiquímica e Casa das Sementes recebeu da prefeitura, nesta sexta-feira (6), incentivo fiscal, além de doação de área em polos empresariais da Capital.

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) ressaltou que, ao conceder descontos no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza), vem de retorno a cidade 87 novos empregos. Investimentos, neste caso, foram beneficiados pelo Prodes (Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social).

Houve doação para a Alimentos Ikeda de área de 5 mil m², localizada no Polo Empresarial Oeste, bem como redução de 2% na alíquota do ISSQN em obras de construção e 30% de IPTU por três anos. Mesma metragem e localização foi concedida a Fertiquímica, que nos próximos cinco anos pagará 2% menos de ISSQN de construção e 30% no IPTU. A Casa das Sementes, por sua vez, requereu a doação de área de 37 mil m² ao longo da Avenida Duque de Caxias, no Bairro Nova Campo Grande.

Todas as propostas tiveram aval do Codecon (Conselho de Desenvolvimento Econômico), dos vereadores por se tratar de renúncia de receita e, agora, a sanção do prefeito.

“A Câmara Municipal é parceira, mas fiscal desses projetos para ter certeza de que isso não vai ficar somente no papel”, observou o vereador e presidente da Comissão Permanente de Indústria, Comércio, Agropecuária e Turismo, João César Mattogrosso (PSDB).

Para o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Luiz Fernando Buainain, houve avanço na concessão de incentivos fiscais, desde o ano passado, com a projeção de R$ 600 milhões em novos empreendimentos, assim como oferta de 3 mil novos postos de trabalho.

Fonte: Campo Grande News