Empresa de ônibus reduz horários e negocia compra de combustíveis

Houve 25% de redução, principalmente em função da suspensão de aulas em universidades e das atividades em indústrias

Pelo menos 25% dos horários de ônibus foram reduzidos nesta segunda-feira (28) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, em consequência da greve nacional dos caminhoneiros. A segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul está desabastecida desde quinta-feira (24).

Marcelo Saccol, gerente da Medianeira – empresa que explora o transporte coletivo urbano em Dourados – disse que a redução ocorreu principalmente pela suspensão das aulas na Cidade Universitária, que fica a 12 km do centro e onde funcionam os cursos da UFGD e da Uems.

Segundo ele, muitas indústrias também suspenderam as atividades por causa da greve dos caminhoneiros, entre elas a BRF Food, segunda maior empregadora de Dourados, que tem unidade no Distrito Industrial.

Saccol informou que mantém negociação com as fornecedoras de combustíveis para garantir o abastecimento dos ônibus e manter o transporte urbano sem reduções mais drásticas nos horários.

São 55 ônibus rodando 10 mil quilômetros diariamente em Dourados para transportar em média 25 mil passageiros por dia.

Fonte: Campo Grande News