Em uma hora, chove 87% do esperado para o mês e deixa cidade em alerta

Em 17 dias, chuva ultrapassa em 40 mm o esperado para abril; apesar disso, Corpo de Bombeiros não registrou chamados graves

O sistema de baixa pressão que tem provocado instabilidades no tempo, em Mato Grosso do Sul, tem deixado autoridades em alerta no município de Sonora – distante 364 quilômetros de Campo Grande. Na tarde de ontem (17), por exemplo, choveu 87% do esperado para todo o mês, em apenas uma hora.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrão, da Uniderp, foram registrados 79,2 milímetros em 60 minutos. Durante todo o dia foram 93 mm. Com isso, a marca esperada para o mês de abril foi ultrapassada em 35%, estando atualmente em 150,2 milímetros, quando o esperado era de 110,5 mm.

De acordo com o gerente de obras do município, Antônio João Rodrigues, apesar do grande volume de água, nenhuma ocorrência grave foi registrada na área urbana, ficando as atenções voltadas para estradas e imóveis da zona rural.

“Está chovendo sem parar a praticamente 30 dias. Então não temos como fazer a manutenção constante das estradas, estamos aguardando a estiagem para dar início a recuperação dessas áreas”, afirmou Antônio João.

Ainda segundo ele, na área urbana, os problemas mais comuns tem sido a abertura de buracos no asfalto e, com as chuvas, o serviço de tapa-buraco também está suspenso. “Devido as fortes chuva, a enxurrada abre valetas, tanto nas estradas, como na cidade. Mas estamos trabalhando como pode”, explicou.

O Corpo de Bombeiros de Coxim, que atende ocorrências em Sonora, também afirmou não ter registrado nenhuma ocorrência devido às chuvas dos últimos dias. Nesta quarta-feira (18), o dia amanheceu com sol e poucas nuvens, mas elas devem aumentar ao longo do dia, o que provoca novas pancadas de chuva.

Instabilidade no norte – De acordo com o meteorologista, o tempo instável permanece influenciando a formação de nuvens de chuva nas regiões central, leste, norte e nordeste, até quinta-feira (19).

A área mais atingida é a norte, onde o sistema de baixa pressão continua a provocar pancadas isoladas que podem ser acompanhadas de ventos fortes e trovoadas.

Em Pedro Gomes, a média esperada para o mês também já foi ultrapassada. Até ontem, foram registrados 115,4 milímetros de chuva, quando o esperado era de 113,5. Em Coxim, o registro atual é de 48,6 mm. Para abril são esperados 108,2 mm.

Fonte: Campo Grande News