Conselho Gestor do FCO analisa 80 cartas-consulta

Na primeira reunião do ano do Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO, foram aprovadas novas diretrizes, definidas as prioridades e os critérios de procedimentos.
O Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) disponibilizou nesse ano o maior volume de recursos de todos os tempos para Mato Grosso do Sul. São R$ 2,3 bilhões, sendo que 50% são destinados a financiar investimentos na área rural e 50% na área empresarial.
Jaime Verruck, secretário da Semagro e presidente do conselho destacou o volume elevado de cartas-consulta já na primeira reunião, foram 80 ao todo.
O secretário manifestou confiança de que, ainda em janeiro, deva ser aprovada a proposta de Mato Grosso do Sul, que altera as regras de correção dos financiamentos do FCO Empresarial, passando a ser também pré-fixados, como já ocorre com o FCO Rural.
As 80 cartas-consulta analisadas na primeira reunião do ano totalizam que totalizam R$ 236.313.926,66 em demanda de investimento.

Clique no ícone e siga-nos / fale conosco: