Com dinheiro curto, consumidor apela a carro velho e vendas crescem 70%

Por outro lado, o comércio dos modelos mais novos está desaquecido em MS

Com dinheiro curto, o consumidor de Mato Grosso do Sul não tem dúvida: dá preferência aos modelos mais antigos na hora de comprar o veículo. A alta nas vendas chega a 70% neste ano. Já o comércio dos semi-novos, com até três anos de uso, caíram 52%. Os números são Fenauto (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores).

De janeiro a abril, foram vendidos 63.484 veículos usados em Mato Grosso do Sul, alta de 6,4% na comparação com o acumulado nos mesmos meses de 2016, com a comercialização de 59.666 unidades. Esse incremento foi impulsionado pelos modelos mais antigos.

Os chamados “maduros” (de 9 a 12 anos) dispararam em vendas. Os sul-mato-grossenses adquiriram 11.599 veículos desse tipo no primeiro quadrimestre deste ano. são 70% a mais que os 6.824 vendidos em igual período de 2017. Por outro lado, no mesmo comparativo, foram vendidos 11.817 veículos em 2018 e 24.687 em 2017. A redução é de 52,1%.

Ainda de acordo com a Fenauto, o modelo mais vendidos é o Gol, com 1.507 unidades comercializadas em abril deste ano. Na sequência, estão o Uno (1.125), Palio (540), Fiestya (446), Corola (413), entre outros veículos.

Fonte: Campo Grande News