Católicos celebram Semana Santa com confissões e celebrações

Padre Flávio Silveira Alencar, pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida

 

Jota Menon

Jimmy Rubens

 

Os católicos de Maracaju entraram na reta final das celebrações da Semana Santa com uma programação que tem como ponto alto as confissões com os padres das paróquias locais e diversas atividades religiosas entre as quais se destacam a Liturgia Especial proclamada na Sexta-feira Santa.

Na manhã desta Quinta-feira Santa, 13 de abril, o padre Flávio Silveira Alencar, pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, entre uma e outra confissão, recebeu a reportagem do “Maracaju Hoje” para falar um pouquinho sobre as celebrações realizadas pela comunidade em comemoração ao período do ano mais importante para o Catolicismo, a semana que antecede a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo.

Padre Flávio Alencar concede entrevista ao Maracaju Hoje

Padre Flávio explicou que a programação consiste na realização de confissões durante todo o dia de hoje. Já no período noturno acontece a Missa da Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio. É nessa celebração que ocorre um dos atos simbólicos mais relevantes da Igreja Católica, o Lava-pés, ato protagonizado por Cristo junto a seus apóstolos como forma de mostrar a importância da humildade humana.

Para amanhã, Sexta-feira Santa, continua programada as confissões no período da manhã. Às 15h00 começa a denominada Celebração do Senhor, dividida em quatro partes distintas: a Paixão Proclamada, que é a Liturgia da Palavra; a Paixão Invocada, que consiste na Oração Universal por todos os povos; a Paixão Venerada, que é a Adoração da Cruz e; a Paixão Comungada, representada pelas Hóstias Consagradas na celebração da Missa de Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio.

Na sequência, ainda na Sexta-feira da Paixão, acontecem a Procissão do Senhor Morte e a Oração da Via Sacra nas ruas localizadas no quarteirão em que se localiza a Igreja Matriz de Nossa Senhora Aparecida.

Para o Sábado de Aleluia a programação consiste nas confissões, no período da manhã, para os tradicionais “atrasadinhos”, aqueles que deixam tudo para a última hora. Às 20h00 acontece a Vigília Pascal, seguida da Missa da Ressurreição.

No Domingo de Páscoa, dia mais importante para a Igreja Católica em todo o mundo, por se tratar da data consagrada à Ressurreição de Cristo, ocorrem missas na Igreja Matriz e na Capela de São Benedito. No período da manhã, os católicos do Bairro Cambarai se reúnem na capela e as 19h00 ocorre a Missa de encerramento das celebrações da Semana Santa na Igreja Matriz.

CONFISSÕES – Questionado pela reportagem se o católico ainda mantém o hábito de se confessar, o padre Flávio disse que sim, tanto que no período da Quaresma (40 dias que antecedem a Semana Santa) foram realizados alguns “mutirões de confissões” em cidades que compõem a Forania de Rio Brilhante integrada por Rio Brilhante, Maracaju, Douradina, Nova Alvorada do Sul e Itaporã.

Na quinta-feira passada, 6, por exemplo, 16 padres da forania se reuniram em Maracaju e realizaram o mutirão.

Durante a Quaresma, o padre Flávio participou de eventos similares em Douradina, Rio Brilhante e Nova Alvorada do Sul.

“Temos notado, por exemplo, que católicos que estavam ausentes há quatro, cinco anos da Igreja têm retornado e participado ativamente de todos os mistérios da Igreja de Cristo” finalizou o pároco local.