Carlos Marun representa presidente Temer no adeus a Wilson Martins

Carlos Marun, ministro do Governo, em entrevista nesta manhã. (Foto: Marcos Ermínio).

 

O ministro do Governo, Carlos Marun (MDB), esteve pela manhã no velório do ex-governador de Mato Grosso do Sul, Wilson Barbosa Martins, representando o presidente da República, Michel Temer (MDB).

Familiares, amigos e políticos saíram em cortejo às 9h40 para o Parque das Primaveras, onde o corpo do ex-chefe do Executivo estadual foi sepultado, nesta quarta-feira (14) por volta das 11h10, no Cemitério Parque das Primaveras.

Antes de deixarem o Centro de Convenções, o ministro afirmou que durante a vida longa de Dr. Wilson, como era conhecido, orgulhou tanto os familiares quanto à população do Estado. “Sempre foi um amigo”.

Companheiro de partido, Marun disse que Wilson ficará marcado pela coragem de enfrentar a ditadura, quando, ao invés de bater palma, a contestou. “Ele é a prova que a política pode ser feita com dignidade”.

O ex-governador André Puccinelli (MDB) relembrou que foi ontem e voltou hoje para se despedir da pessoa a quem chamou de “irmão, amigo e pai amigo”. Para Puccinelli, o ex-governador sempre foi espelho, pois era um homem que tomava decisões com frieza e que fazia política com ‘p’ maiúsculo.

O arcebispo emérito de Dom Vitório Pavanello deu a benção durante 20 minutos e lembrou que, antes de ficar doente, Wilson Martins frequentava todas as semanas a igreja Santo Antônio. Quando não estava nos bancos do templo, o arcebispo sabia que algum problema com sua saúde havia ocorrido. Encerrou dizendo que o ex-chefe do Executivo sempre protegeu e lutou pelos mais carentes. (Com informações Campo Grande News).