Brasileiro integrante do PCC é morto com 80 tiros na divisa com MS

Um narcotraficante brasileiro, apontado como integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital), foi executado com pelo menos 80 tiros na manhã de hoje (22) em Bella Vista Norte, cidade paraguaia vizinha de Bela Vista (MS), a 322 km de Campo Grande.

De acordo com policiais paraguaios, Sérgio Orlando de Oliveira, 38, estava em casa com o filho adolescente, identificado como Fernando de Araújo Vargas, quando pelo menos 15 homens armados chegaram ao local atirando, por volta de 10h.

Sérgio e o filho conseguiram correr para uma mata próxima, mas duas horas depois os policiais encontraram o corpo dele crivado de balas. Fernando foi achado na mata com um ferimento superficial na perna direita.

Policiais paraguaios informaram que Sérgio de Oliveira tinha ficha criminal por narcotráfico. A suspeita é que a execução tenha ligação com a guerra de criminosos que disputam o controle do crime organizado na fronteira.

Agentes da Seção de Investigação de Delitos da Polícia Nacional do Paraguai informaram que o brasileiro era “soldado” do PCC, facção criminosa que se instalou na fronteira com Pedro Juan Caballero e estaria tentando se expandir para a região de Bella Vista Norte.

Policiais, peritos e promotores de Justiça do Paraguai estão no local onde o corpo foi encontrado. Até agora não existe nenhuma pista dos matadores.

Fonte: Redação Conesul News