Barreiras sanitárias registram aumento no fluxo de pessoas em MS

Foto: Governo MS

Dados fornecidos pela Comissão de Controle Sanitário de Mato Grosso do Sul (CCS/MS) revelam que houve aumento no fluxo de pessoas durante o feriado do Dia Trabalhador. Conforme o monitoramento, em três dias, 54 mil pessoas foram abordadas nas barreiras sanitárias implantadas no Estado – média de 18 mil por dia. Índice maior que os últimos feriados, de quatro dias, que registraram 49,9 mil (Tiradentes) e 52,8 mil (Semana Santa).

Desde o início das operações no Estado, 411,5 mil pessoas já foram abordadas pelas equipes em 200 mil meios de transportes. A principal porta de entrada continua sendo nas divisas com o Estado de São Paulo. Os municípios de Três Lagoas e Bataguassu registraram, juntas, a entrada de 188.731 mil pessoas em Mato Grosso do Sul.

Outras cidades que fazem divisa com as demais unidades federativas também registram movimentos consideráveis. Chapadão do Sul, divisa com Goiás, com 26.460 mil pessoas. Aparecida do Taboado, vizinha de Minas Gerais, com 26.024 mil pessoas. Sonora, divisa com o Mato Grosso, 17.013 mil pessoas. Naviraí, divisa com o Paraná, com 16.889 mil pessoas abordadas. O Aeroporto Internacional de Campo Grande registrou 4.287 mil pessoas que desembarcaram no Estado.

E desde o início das operações das barreiras sanitárias (no dia 30 de março no aeroporto da Capital e a partir de 1º de abril nas rodovias), 70 casos suspeitos de coronavírus foram registrados, porém, nenhum caso foi confirmado pelas equipes para a Covid-19.

Da redação