Após reunião com principais aliados, Puccinelli diz ter dado liberdade a políticos

André Puccinelli e sua filha Denise recepcionam comitiva de líderes peemdebistas em seu apartamento _ Midiamax

Ex-governador continuou em apartamento após reunião

 

Reunião entre as principais lideranças estaduais do PMDB e o ex-governador André Puccinelli (PMDB), realizada na casa de Puccinelli, acabou há pouco. Depois do encontro, o nome maior da legenda afirmou que deu liberdade aos companheiros para decidirem sobre a convenção do partido, marcada para este sábado (18).

O encontro entre o ex-governador e a cúpula do partido durou pouco mais de 1 hora. Encontraram-se com Puccinelli o deputado federal Carlos Marun, o senador Waldemir Moka, o deputado estadual Junior Mochi e a senadora Simone Tebet.

Ao fim da reunião, realizada no apartamento de Puccinelli, os peemedebistas não falaram com a imprensa e seguiram para a sede do partido, onde devem decidir a respeito da convenção partidária.

Puccinelli, ao lado da filha, disse aos jornalistas que os políticos do partido serão responsáveis por decidir sobre a convenção. “Dei total liberdade para os companheiros de partido decidirem a respeito da convenção”. A carta branca teria, inclusive, relação com André ser ou não candidato à presidência regional da legenda.

Mesmo com a prisão do ex-governador e de seu filho, o advogado André Puccinelli Júnior, anteontem, ele ainda é a principal aposta do partido para disputar as eleições de 2018 para o governo do Estado. (Com informações de Aliny Mary Dias e Paulo Fernandes do Midiamax).