Apesar do atraso, Maracaju se destaca na safra 19/20 de milho

Foto: Luiz Guilherme/Maracaju Hoje

O período ideal para o plantio do milho é final de janeiro com data limite em 15 de março. Em Maracaju houve um atraso no plantio do grão este ano, que iniciou o plantio em fevereiro.

Esse atraso nas atividades se deu por conta da soja, que também houve plantio tardio e consequentemente a colheita. Para se ter uma ideia, do total da área de milho plantada, 40% se deu já no terceiro mês do ano [março].

“Comparado com as demais regiões do Estado, como o Conesul, Maracaju está com uma situação melhor, a tecnologia favorece e muito o produtor rural que aproveitou bem a janela de plantio do milho. Em torno de 50% a 60% desta safra pode ser classificada entre boa a razoável, e 30% não tão boa”, explicou o pesquisador da Fundação MS, no município, André Luis Faleiros Lourenção, do setor de Fitotecnia Milho.

Como noticiado anteriormente, de acordo com a Aprosoja MS (Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul), o milho deve atingir 70% de área plantada, do total da soja, isso relacionado a segunda safra 19/20.

Em números exatos, até o momento, o município totaliza 315.923,86 ha (hectares) do grão, sendo que quando a Covid-19 de fato chegou ao Estado, os produtores rurais já haviam colhido 100% da primeira parte, o que gerou produtividade de 64,4 sc/ha (sacas por hectare), totalizando 1.221.643,77 toneladas.

Luiz Guilherme – Maracaju Hoje