AMANTE

De acordo com as delações e planilhas da Odebrecht, a senadora petista Gleisi Hoffmann (PR) recebeu R$ 150 mil em 2008, R$ 450 mil em 2010 e R$ 3,5 milhões em 2014. Gleisi é identificada como “coxa” em alguns pagamentos. Já em outros, um nome teria deixado Paulo Bernardo, seu marido, um tanto incomodado. A dor de cabeça é por que o codinome da senadora é “amante”.

Jota Menon